O governador de Maryland, Larry Hogan, anunciou um pacote de US$ 190 milhões para ajudar faculdades, pequenas empresas e organizações sem fins lucrativos afetadas pela pandemia de coronavírus. O montante será viabilizado através da lei federal Cares.

“Como Maryland continua a lidar com uma crise fiscal sem precedentes, estamos direcionando mais de US$ 475 milhões em recursos federais para setores críticos da nossa economia. Esses recursos ajudarão a fazer a diferença nas áreas onde são mais necessários”, afirma o governador.

Do total, US$ 45 milhões serão alocados para expandir o Fundo de Subsídios de Emergência para Pequenas Empresas. Esse programa, que concede doações de até US$ 10 mil a empresas de 50 ou menos funcionários, forneceu mais de US$ 40 milhões em fundos a 4.073 candidatos. Esses recursos adicionais serão usados ​​para ajudar os candidatos pendentes.

Serão alocados, ainda, US$ 5 milhões à Autoridade de Financiamento do Desenvolvimento de Pequenas Empresas de Maryland, para fornecer apoio a empresas pertencentes a pessoas econômica e socialmente desfavorecidas. Os usos incluem capital de giro, suprimentos e materiais, aquisição de máquinas e equipamentos, aquisição de terrenos ou melhorias imobiliárias.

ONGs

Outros US$ 50 milhões irão para estabelecer a Iniciativa de Recuperação Sem Fins Lucrativos de Maryland, que ajudará as organizações a lidar com as reduções de receita e aumentos de despesas que são devidos aos impactos econômicos e de segurança da pandemia.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

O objetivo da iniciativa, que será operada pelo Departamento de Habitação e Desenvolvimento Comunitário (DHCD), é ajudar a estabilizar e sustentar uma série de operações, incluindo organizações sem fins lucrativos de habitação e invalidez.

Desses US$ 50 milhões, até US$ 8 milhões serão alocados a candidatos que já solicitaram auxílio através do Fundo de Subsídios de Emergência para Pequenas Empresas.

Mais US$ 3 milhões serão concedidos através do Programa de Subsídios de Emergência do Conselho de Artes do Estado de Maryland (MSAC). Em resposta ao estado de emergência, o MSAC criou oportunidades especiais de subsídios que fornecem fundos de emergência a organizações artísticas e artistas por perdas sofridas devido a programas, operações e eventos que foram modificados ou cancelados.

Ensino superior

Do pacote, até US$ 90 milhões serão alocados para reembolsar as universidades apoiadas pelo estado por despesas relacionadas à Covid-19, incluindo o suporte para suas atividades de segurança pública.

Publicidade
CCA idiomas