Aumentar o suprimento de equipamentos de proteção individual (EPIs) aos profissionais de saúde em Maryland é um dos quatro elementos básicos que o governador Larry Hogan anunciou que precisam estar firmemente estabelecidos antes que o estado considere aliviar as restrições e iniciar de forma segura, gradual e eficaz o “Maryland Forte: Roteiro para a Recuperação”, o plano de reabertura.

Diante disso, uma força-tarefa de várias agências vem trabalhando para aumentar o estoques desses materiais, com grandes entregas chegando diariamente aos armazéns do estado. Desde 27 de março, Maryland recebeu 4,5 milhões de unidades de máscaras KN95; 3,5 milhões de pares de luvas; 1,1 milhão de escudos faciais; 600 mil máscaras N95; 150 mil jalecos; 47 mil galões de desinfetante para as mãos e 5 mil termômetros infravermelhos.

Para aproximar fornecedores e compradores dos equipamentos de proteção individual, o estado também lançou a plataforma on-line Portal de Fornecedores da Rede de Manufatura de Maryland, uma parceria entre o Departamento de Comércio de Maryland e a Maryland Manufacturing Extension Partnership (MD MEP).

O portal oferece um local central onde compradores, como sistemas de assistência médica, agências locais de gerenciamento de emergências e empresas essenciais, podem identificar quais fornecedores possuem EPIs, equipamentos de saúde e outros itens essenciais.

Publicidade

“Um dos maiores desafios que Maryland e nosso país enfrentaram na luta contra o coronavírus foi garantir que tenhamos um suprimento constante de EPIs para nossos profissionais de saúde, socorristas e funcionários essenciais”, lembra o governador.

“Este portal oferece um balcão único onde os fabricantes de EPIs e outros itens essenciais podem se conectar com os compradores que mais precisam desses itens e nos ajudar a atender à demanda crítica da cadeia de suprimentos”, pontua.

“À medida que a pandemia de coronavírus se desenrolava em nosso estado, muitos de nossos fabricantes locais, principalmente aqueles que já estavam produzindo EPIs, procuraram-nos para ver como eles poderiam ajudar no aumento da produção desses itens”, conta Kelly Schulz, secretária de Comércio de Maryland.

“Essa resposta esmagadora da nossa comunidade de negócios nos levou a fazer parceria com o MEP de Maryland para desenvolver essa ferramenta que permitirá aos compradores procurar empresas de Maryland que estão produzindo os suprimentos de que mais precisam”, reitera a secretária.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas