A placa na porta do Marie’s Beauty Supply, na H Street Northeast, avisava que a loja estaria fechada até 31 de março. O proprietário, Kenneth Kuemeta, alega que não sabia da diretiva da prefeita de Washington, Muriel Bowser, de que todas as empresas não essenciais suspendam os serviços até o dia 24 de abril.

Conforme o lojista, na última semana, ele estava apenas permitindo que os clientes que compraram um item on-line entrassem na loja para buscá-lo – uma decisão tomada quando tantas pessoas foram instruídas a ficar em casa.

Fechar por um mês ou mais, segundo o comerciante, vai comprometer os negócios. “Vai ser muito difícil. Como esperávamos que esta semana fosse fechada, planejei isso … não planejei estender até o final de abril, então será difícil lidar com tudo isso e chegar a um acordo”, considera.

A pequena loja é especializada em perucas, produtos para o cabelo e produtos para a pele e conta não apenas com clientes que entram, mas também com consumidores que fazem compras on-line. Com o pedido de fechamento, Kuemeta diz que terá que confiar em seus negócios pela internet e precisará encontrar uma empresa para fazer as entregas.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

Ele já dispensou um funcionário, enquanto junto com a mãe tenta atender os eventuais clientes. “Espero que com algumas de nossas economias ainda possamos continuar funcionando”, declara.

O lojista mantinha um fundo para “dias chuvosos”, mas fechar por mais de um mês vai pesar na manutenção dos negócios pós-crise. Por isso, pretende solicitar uma das bolsas de US$ 25 mil que a prefeita anunciou estar disponível para pequenos empresários, organizações sem fins lucrativos e empreiteiros independentes. O dinheiro pode ser usado para salários, benefícios, estoque, aluguel e pagamento de serviços públicos.

(Com informações de Fox 5)

Publicidade
CCA idiomas