A prefeita de Washington, Muriel Bowser, anunciou opções ampliadas de assistência financeira para os residentes de DC que estão lutando para pagar empréstimos privados para educação devido à emergência de saúde pública do coronavírus (Covid-19). A iniciativa, lançada pelo Distrito e por vários estados, fornecerá aos beneficiados tolerância a empréstimos e outras medidas de apoio.

Estudantes com empréstimos comerciais do Programa Federal de Educação Familiar (FFELP) ou empréstimos estudantis de capital fechado que estejam com dificuldade de fazer seus pagamentos serão elegíveis para alívio ampliado. Doze servidores privados de empréstimos à educação apoiaram a iniciativa.

As opções de alívio da iniciativa incluem: fornecer um mínimo de 90 dias de tolerância, isenção de taxas por atraso de pagamento, garantir que nenhum mutuário esteja sujeito a relatórios de crédito negativos, cessar ações de cobrança de dívidas por 90 dias, trabalhar com o mutuário para inscrevê-lo em outros programas de assistência, como reembolso com base na renda.

Se os servidores regulamentados de empréstimos a estudantes tiverem capacidade limitada para executar essas ações devido a restrições do investidor ou obrigações contratuais, eles deverão trabalhar proativamente com os titulares de empréstimos para relaxar essas restrições ou obrigações.

Publicidade

A nova iniciativa ajudará a preencher uma lacuna da Lei de Auxílio a Coronavírus, Assistência e Segurança Econômica (Cares). Essa lei beneficia mutuários com empréstimos federais, incluindo a suspensão de pagamentos mensais, juros e atividades de cobrança involuntária até 30 de setembro de 2020. No entanto, deixou de fora milhões de mutuários com empréstimos que não são de propriedade do governo federal, bem como empréstimos feitos por credores privados.

Procedimento

Os mutuários que precisam de assistência devem entrar em contato imediatamente com o agente de empréstimos estudantis para identificar suas melhores opções.

Para obter detalhes sobre seus empréstimos e servidores federais, eles podem visitar o Sistema Nacional de Dados sobre Empréstimos para Estudantes do Departamento de Educação dos EUA (DOE), ou ligar para o Centro Federal de Informações sobre Auxílios a Estudantes no 1-800-433-3243 ou 1-800-730-8913 (TDD).

Os mutuários com empréstimos estudantis particulares podem verificar as informações de contato em seus extratos mensais de cobrança. Outras informações estão disponíveis aqui, pelo telefone (202) 727-8000 ou no e-mail dcloanhelp@dc.gov.

Publicidade
CCA idiomas