Trabalhadores que perderam o emprego devido à pandemia de coronavírus poderão receber bolsas de estudo para qualificação profissional na Virginia. Com aporte de US$ 30 milhões da Lei Cares, o Re-Employing Virginians (REV) vai viabilizar a indivíduos qualificados treinamentos e cursos em faculdades comunitárias em cinco setores essenciais, incluindo saúde, tecnologia da informação, comércio especializado, segurança pública e educação infantil.

“Os virginianos que tiveram licença, reduziram as horas de trabalho ou perderam o emprego por causa da pandemia estão lutando e se perguntando o que o futuro reserva”, lembra o governador Ralph Northam.

“Investir em programas que ajudem as pessoas a desenvolver habilidades em campos de alta demanda é uma vitória para trabalhadores, empregadores e nossa economia. Enquanto nos concentramos na recuperação dos impactos da pandemia global, a nova iniciativa REV dará aos virginianos os recursos de que precisam para se reerguer e ajudar a garantir que nossa comunidade emerja desta crise de saúde pública ainda mais forte do que antes”, acrescenta.

Publicidade

A iniciativa fornecerá bolsas únicas de US$ 3 mil para inscrição em um programa de treinamento em tempo integral e US$ 1,5 mil para matrícula em período parcial ou em um curso de curto prazo.

O Virginia Community College System (VCCS) e as Áreas de Desenvolvimento da Força de Trabalho Local da Virgínia do Norte e Hampton Roads administrarão o financiamento da Lei Cares para a iniciativa REV, com US$ 27 milhões alocados ao VCCS para programas estaduais e US$ 3 milhões para as duas áreas de força de trabalho. Juntas, Hampton Roads e o norte da Virginia tiveram quase 50% de todos os pedidos de desemprego iniciais e contínuos do estado.

Os interessados em participar ​​devem entrar em contato com a faculdade comunitária local assim que possível para se inscrever antes do prazo de 14 de dezembro. Informações sobre os critérios de elegibilidade e inscrição para as bolsas estão disponíveis aqui.

Publicidade