Pais no Condado de Howard confiaram em uma pré-escola de Maryland a segurança de seus filhos pequenos, mas agora estão preocupados, pois a instituição está sob investigação policial.

A Polícia do Condado de Howard não deu detalhes sobre os fatos apurados na unidade escolar ligada à Igreja Metodista Unida de Glen Mar, em Ellicott City. Até o momento, a igreja só divulgou que se trata de uma “investigação relacionada a crianças”, porém os pais dizem que isso não é suficiente.

Três mães, que não quiseram ser identificadas, disseram que seus filhos falaram sobre o comportamento inadequado de um funcionário da pré-escola. “O tumulto emocional que criou e as noites sem dormir foram inacreditáveis”, disse uma delas.

A investigação policial começou em 26 de março e um funcionário do sexo masculino já foi demitido. No dia 4 de abril, os pais foram notificados de que ele havia renunciado.

Publicidade

Apenas em 12 de abril a igreja alertou as famílias sobre a investigação policial. Desde então, mais dois funcionários foram colocados em licença. O diretor assistente da pré-escola acabou de renunciar ao cargo e o diretor foi desligado, segundo a igreja, por não relatar a conduta que deveria ter sido imediatamente comunicada às autoridades no verão passado.

A polícia está simplesmente chamando de “alegações relacionadas à criança. Ninguém foi preso. O porta-voz da igreja, reverendo Erik Alsgaard, afirma que os advogados da companhia de seguros lhes disseram para não contar mais nada aos pais. “No momento, estamos cooperando totalmente com o Departamento de Polícia do Condado de Howard”, assegurou Alsgaard.

 

(Com informações de Fox)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas