Os investigadores de crimes cibernéticos da polícia estadual de Maryland prenderam Anthony Mileo, 53 anos, em sua casa em Huntingtown, nessa quinta-feira (7), sob a acusação de posse e distribuição de pornografia infantil. Mileo é empregado do Departamento de Polícia do Parque Nacional da Capital de Maryland.

O policial vai responder a 17 acusações de posse e 17 de distribuição de pornografia infantil. Segundo a polícia, ele foi “preso sem incidentes” e transportado para o Prince Frederick Barrack para os procedimentos, antes de ser levado ao centro de detenção do Condado de Calvert.

A Polícia Estadual de Maryland, juntamente com a Homeland Security Investigations, cumpriu um mandado de busca na residência de Mileo, durante a qual apreendeu vários dispositivos eletrônicos, que serão analisados ​​pelo Laboratório Forense Digital.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

A Força-Tarefa contra Crimes na Internet contra Crianças recebeu um relatório em agosto do Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas, envolvendo a distribuição on-line de pornografia infantil. A investigação subsequente identificou Mileo como suspeito.

A investigação ainda está em andamento e qualquer pessoa com informações relevantes deve entrar em contato com a Polícia Estadual de Maryland através do Centro de Maryland para Crianças Desaparecidas e Exploradas no número 1-800-637-5437.

 

(Com informações de WUSA)

 

 

 

 

 

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes