Milhares de pessoas foram às ruas de D.C. para celebrar e conscientizar sobre os direitos da comunidade LGBT na parada do Capital Pride, que este ano aconteceu no sábado, dia 8. Porém, segundo a polícia, relatos equivocados de um tiroteio provocaram confusão entre participantes e espectadores perto de Dupont Circle. Várias pessoas ficaram feridas no caos quando fugiam do falso alarme.

“Não há nenhuma evidência de que qualquer tiro tenha sido disparado. Nós tínhamos policiais por perto e, neste momento, não há provas de tiros”, disse o comandante da polícia de DC, Guillermo Rivera, a repórteres no sábado. Porém várias pessoas disseram ter ouvido tiros. Segundo a polícia, ainda não está claro o que as pessoas ouviram, mas as autoridades estão revendo videos capiturados no local em um esforço para determinar qual era o som.

De acordo com Rivera, por volta das 19h20, quase três horas depois do desfile, a polícia começou a responder aos relatos sobre um homem armado. Enquanto os oficiais corriam para a área, os participantes do desfile em fuga disseram que havia um homem com uma arma que disparou tiros, disse o oficial.

Policiais encontram arma

A polícia confirmou que uma arma foi recuperada de uma mochila em Dupont Circle, mas informou que não há evidencias que tenha sido feito disparos com ela. “Os policiais chegaram ao local onde o indivíduo estava localizado. Nesse ponto, eles pararam o indivíduo e recuperaram uma arma por perto”, disse Rivera. O homem, que não teve a identidade revelada, foi acusado por posse de arma.

Uma mulher também foi presa por supostamente agredir um oficial. Mas, não está claro se os suspeitos se conheciam.

“Eu entrei e fiquei no chão com pessoas que vieram de Dupont Circle e disseram que houve um tiroteio”, disse uma mulher.

Um vídeo mostra centenas de pessoas correndo de Dupont Circle, inundando hotéis e empresas. Várias pessoas relataram nas mídias sociais que estavam se escondendo em porões ou banheiros.

“Eu entrei e fiquei no chão com pessoas que vieram de Dupont Circle e disseram que houve um tiroteio”, disse uma mulher.  “Nós não sabíamos nada.”

Publicidade
CCA idiomas

Segundo a polícia, sete pessoas foram transportadas para hospitais locais com ferimentos leves. A DC Fire e a EMS também trataram vários outros indivíduos no local, disse Rivera.

De acordo com as autoridades policias, os relatos do tiroteio circularam no festival e nas redes sociais. Porém ainda não se sabe a origem do falso alarme.

D.C. Mayor Muriel Bowser twittou às 20h24 de sábado, que os relatos de tiros disparados no evento estavam errados e isso não era uma ameaça ativa.

O vice-reitor de Segurança Pública e Justiça de DC, Kevin Donahue, disse em um tweet separado que as pessoas ficaram feridas enquanto fugiam do que julgavam serem tiros.

Dave Dildine, da rádio WTOP, descreveu pessoas pulando de carros e correndo em todas as direções depois que a multidão começou a gritar “atirador ativo”.

 

(Com informações de WTOP e NBC Washington)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes