Um homem de Maryland, acusado pelas autoridades federais de distribuir pornografia infantil, foi condenado a 12 anos de prisão. O escritório do procurador dos EUA em Maryland, Robert Hur, disse nessa quarta-feira (9) que Stephen Bayne Fields Jr., 47 anos, terá que cumprir a pena integralmente e depois terá libertação supervisionada pelo resto da vida.

Segundo as autoridades, o morador de Towson usou várias contas de mídia social entre julho e setembro de 2018 para enviar e receber vídeos e fotografias de pornografia infantil. Fields enviava mensagens dizendo que ele morava em Maryland e queria “fotos de meninas”.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

Registros mostram que ele se declarou culpado em julho em uma acusação de distribuição de pornografia infantil. Para interagir nas redes sociais, Fields usou como fotos de perfil imagens de uma mulher que ele conhecia, utilizando apelidos que eram variações do nome dela.

 

(Com informações de NBC)

 

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes