Um homem de Rosedale, em Maryland, se declarou culpado de duas acusações de assassinato em primeiro grau, por matar a madrasta e uma vizinha que perguntou sobre seu paradeiro em 2018. O escritório do procurador do Estado em Baltimore, Scott Shellenberger, está recomendando duas sentenças de prisão perpétua. A audiência está marcada para 12 de dezembro.

Ryan Michael McGuire, 32 anos, confessou em depoimento à polícia o assassinato de Cindy Berdina Testerman, 61, e de Judy Elizabeth Slebzak, 66, sua madrasta, cujo corpo foi encontrado em um armário de cedro em sua casa.

McGuire matou Judy em maio de 2018, usando uma “arma afiada”, e em seguida pegou seu veículo e vendeu alguns de seus pertences para ajudar a pagar pelas drogas, segundo registros da polícia e do tribunal.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

Ele então teria matado Cindy várias semanas depois, quando ela perguntou sobre o paradeiro de Judy. Segundo a polícia, o acusado levou o carro da vizinha e itens da casa dela para vender e comprar drogas.

 

(Com informações de Baltimore Sun)

 

 

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas