Dois estudantes do ensino médio atiraram e mataram um colega de classe e feriram outros oito em uma escola em uma comunidade do Colorado que marcou o 20º aniversário de um dos piores tiroteios na escola do país há apenas algumas semanas.

Autoridades do gabinete do xerife do condado de Douglas disseram que Devon Erickson, 18 anos, e um estudante mais novo entraram no STEM School Highlands Ranch na tarde de terça-feira (7) e abriram fogo em duas salas de aula, levando alunos a correrem pelos corredores ou se esconderem dos tiros.

Em poucos minutos, agentes de uma subestação do departamento do xerife entraram na escola, dominaram e prenderam os dois suspeitos. Ambos eram estudantes da escola e não eram conhecidos pelas autoridades, segundo o xerife Tony Spurlock.

Três hospitais relataram o tratamento de oito pessoas ligadas ao ataque, incluindo duas que foram listadas em estado grave. Pelo menos quatro outros foram liberados ainda na noite de terça-feira.

Publicidade

 

Vizinha de Columbine

 

O tiroteio aconteceu exatamente uma semana depois que um atirador matou dois estudantes e feriu quatro na Universidade da Carolina do Norte, em Charlotte.

Também vem quase três semanas depois que o vizinho Littleton marcou o sombrio 20º aniversário do massacre na escola de Columbine, que matou 13 pessoas. As duas escolas estão separadas por cerca de 11 quilômetros nas comunidades adjacentes ao sul de Denver.

“Tragicamente, essa comunidade e os que a rodeiam conhecem muito bem esses atos de violência odiosos e horríveis”, disse em um comunicado o porta-voz da Casa Branca, Judd Deere.

 

(Com informações de Associated Press)

Publicidade