Mais um caso de violência doméstica envolvendo a comunidade brasileira nos Estados Unidos foi registrado pelas autoridades. Na noite de 8 de maio, Marisa Sherman, de 47 anos, foi assassinada pelo marido, Fernando De Baere, de 74. O crime aconteceu na residência do casal, na cidade de Plantation (Flórida).

De acordo com os policiais, De Baere admitiu ter atirado e matado a esposa. Documentos judiciais indicam que o suspeito foi até a casa de seus vizinhos e disse para eles que acabara de matar Marisa.

Imediatamente, os vizinhos chamaram a polícia e, quando os oficiais chegaram ao local, o acusado esperava por eles, na rua. Os policiais encontraram o corpo de Marisa no sofá da sala, com um tiro no rosto. Ela foi declarada morta por volta das 10h30min da noite.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

De Baere foi levado para o Departamento de Polícia de Plantation, onde confessou ter atirado na esposa depois de ter discutido com ela sobre um ex-colega de trabalho. Ele disse que foi até o armário do seu quarto, pegou uma pistola calibre 38 e caminhou até onde a mulher estava sentada e atirou nela “uma ou duas vezes” no rosto. Ele responderá por homicídio premeditado.

No último dia 3, agentes do Departamento de Polícia de Stoughton (Massachusetts) já haviam prendido o brasileiro Ilton Rodrigues, de 48 anos, acusado de assassinar a esposa, a portuguesa Telma Brás, de 43 anos, a facadas.

 

(Com informações de Brazilian Times)

Publicidade
Curso de inglês