Davon Alfred Moore, um ex-bombeiro de 25 anos de idade de DC, foi considerado culpado por um júri na quarta-feira (16), por assalto à mão armada, depois que ele roubou um par de tênis de luxo em dezembro passado.

Segundo os promotores, Moore organizou um encontro com um homem no aplicativo OfferUp para comprar um par de calçados Christian Louboutin. Os dois se encontraram no cruzamento da Georgia Avenue com a East-West Highway em Silver Spring, Maryland, em 20 de dezembro, quando uma discussão eclodiu sobre o custo – Moore insistiu no preço de US$ 400, mas a vítima queria US$ 700.

De acordo com os documentos do tribunal, Moore então apontou uma arma para o homem dentro de seu carro e ordenou que ele entregasse os sapatos. Depois de deixar a cena, a vítima tirou uma foto da placa do carro de Moore, que levou à prisão do acusado.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

Ramon Korionoff, diretor de assuntos públicos da Procuradoria do Estado no Condado de Montgomery explica que a foto da placa foi “um pensamento rápido” da parte da vítima e ajudou a polícia a localizar e prender o suspeito.

“Você não pode usar a violência para fugir com o que seu coração deseja, mas sua carteira não pode pagar”, disse Korionoff. “Existem zonas seguras estabelecidas pelos departamentos de polícia locais para diminuir o risco desses tipos de vendas – o público deve usá-las para não sofrer nas mãos de criminosos que esperam atacar compradores ou vendedores inocentes”, completa. Moore pode pegar até 25 anos de prisão e deve ser sentenciado em 28 de outubro.

 

(Com informações de WUSA)

 

 

Publicidade
CCA idiomas