Um tiroteio envolvendo uma marinheira e um marinheiro, no estacionamento fora de um hangar no Strike Fighter Squadron 37, em Virginia Beach (VA), esta sendo investigado pela Marinha. De acordo com as autoridades, o homem atirou e feriu a marinheira atribuída ao mesmo esquadrão antes que o pessoal de segurança de uma base da Virgínia o matasse.

O comandante da Marinha de Naval Air Station Oceana, o Capitão Chad Vincelette, disse em um comunicado que o tiroteio ocorreu na sexta-feira e que a mulher foi baleada várias vezes e segue hospitalizada com ferimentos mas sem risco de vida.

Segundo Vincelette, ambos os marinheiros foram designados para o esquadrão, mas suas identidades não serão imediatamente liberadas.  As autoridades vão investigar como o marinheiro colocou uma arma na base, que tem uma política de não-armas, e o motivo por trás do tiroteio.

Publicidade

A estação é a principal base de jatos da Marinha para caças na costa leste.

(Com informações da Associated Press)

Publicidade