Em um ginásio lotado em Orlando, na Flórida, Donald Trump lançou na noite dessa terça-feira (18) sua campanha oficial pela reeleição à presidência dos Estados Unidos. O vice-presidente, Mike Pence, também estava no local.

Trump falou durante 50 minutos antes de, finalmente, anunciar que oficialmente é candidato à reeleição. Ele afirmou que continuará lutando “por cada homem, mulher e criança” do país. “Vamos mantê-lo melhor do que nunca”, acrescentou.

A campanha ganhou o slogan “Keep America great” – “Mantenha a América grande” – uma continuação do “Make America great again” (“Tornar a América grande de novo”) adotado na disputa de 2016.

No discurso, o presidente reclamou da atuação da imprensa e também reforçou a crítica ao Partido Democrata, de oposição. Trump afirmou que os oposicionistas radicais “querem destruir o país como o conhecemos”.

Ele ainda acusou os democratas de não aceitarem o resultado da investigação do promotor especial Robert Mueller, que não incriminou nem isentou o presidente de culpa no caso do suposto conluio com a Rússia na campanha de 2016.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

Mike Pence também pediu aos eleitores que deem mais quatro anos de mandato a Trump. “Fizemos história em 2016 e faremos história novamente em 2020, quando iremos reeleger o 45º presidente”, disse.

Protesto

A alguns quarteirões do Amway Center, um protesto chamado “Win With Love” (Vença com amor) foi organizado por pessoas contrárias à reeleição de Trump. Voluntários montaram um palco em frente ao Stonewall Bar, ponto de concentração da comunidade gay de Orlando.

À agência Associated Press, organizadores disseram considerar uma afronta que o presidente tenha escolhido para lançar sua campanha uma cidade com uma comunidade gay visível e uma grande população porto-riquenha.

Os oponentes acusam o presidente republicano de atrasar a ajuda de emergência a Porto Rico após o furacão Maria devido a uma disputa com líderes democratas na ilha. A administração Trump também revogou proteções de saúde recém-conquistadas por pessoas transgênero, restringiu sua presença nas forças armadas e retirou as orientações federais de que os estudantes trans poderiam usar os banheiros de sua escolha.

 

(Com informações de G1 e Associated Press)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes