Os bastidores da política nos Estados Unidos já começaram a ficar movimentados para a próxima corrida presidencial. Porém, quem não irá lançar desafio ao atual presidente americano, Donald Trump, é o governador de Maryland, Larry Hogan. Ele disse que não se lançará para a nomeação presidencial do Partido Republicano em 2020.

Hogan publicou no sábado em suas redes sociais parte de uma reportagem do Washington Post na qual ele disse ao jornal: “Não vou ser candidato a presidente em 2020”. No post, o governador também reconheceu que seria difícil superar a popularidade de Trump entre a maioria dos republicanos.

No início do ano, Hogan disse em entrevista que, embora tivesse sérias preocupações sobre a liderança de Trump, ele não tinha interesse em uma “missão kamikaze”.

Publicidade
Curso de inglês

Hogan, o popular governador republicano em um Estado liberal, foi eleito para seu segundo mandato no ano passado. Ele era visto como potencialmente a melhor esperança de um pequeno grupo dos chamados republicanos “Never Trump”, que queriam contracenar com um republicano proeminente contra Trump.

O ex-governador de Massachusetts Bill Weld já montou um desafio contra Trump para a indicação ao Partido Republicano, enquanto na esquerda, até agora, 23 candidatos democratas estão em campanha para presidente.

 

(Com informações de Associated Press)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas