O Instituto Nacional de Migração do México (INM) comunicou neste domingo a detenção de 791 imigrantes encontrados em caminhões parados no Estado de Veracruz, no leste do país, no sábado (15). Dentre os estrangeiros estão pelo menos 368 crianças com 7 anos ou menos. Eles estavam sem documentos para entrar legalmente nos Estados Unidos.

A apreensão ocorreu no momento em que o México intensifica os esforços para reduzir a onda de imigrantes em fronteiras sob pressões do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que ameaçou impor tarifas sobre todos os produtos mexicanos caso o país não impeça a imigração ilegal. Para que suas mercadorias não fossem taxadas, o México fez um acordo com Washington, em 7 de junho. Foi dado um prazo de 45 dias para que o governo mexicano faça progressos palpáveis na redução do número de pessoas que tentam atravessar a fronteira ilegalmente.

Como parte desses compromissos, o seis mil membros recém-criada Guarda Nacional, destinada a enfrentar o crime organizado, serão colocados nas ruas.

Quase 800 imigrantes ilegais são detidos no México 2

Integrante da polícia naval mexicana fala com mulheres que cruzaram o rio Suchiate em uma jangada de Tecun Uman na Guatemala para Ciudad Hidalgo neste domingo (16) — Foto: Jose Torres/Reuters

Devido ao excesso de pedidos causados pelas reportagens no programa da Ana

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

México estuda propor que Brasil e outros países latinos dividam fardo da imigração aos EUA  

A decisão do México de apertar suas fronteira s e responder às ameaças de Trump causou tensões dentro do governo e, na sexta-feira (14), o chefe do INM, Tonatiuh Guillen, renunciou. Ele foi substituído por Francisco Garduno, que já havia servido como chefe do sistema prisional do México.

Houve um salto nas apreensões na fronteira EUA-México neste ano. Barrar a imigração ilegal é uma das promessas políticas de Trump, que intensificou as pressões sobre o México já de olho nas eleições presidenciais de 2020. A maioria dos que são apanhados tentando entrar ilegalmente nos Estados Unidos são pessoas que fogem da pobreza e da violência no chamado Triângulo Norte da América Central: Guatemala, Honduras e El Salvador.

 

(Com informações de Reuters)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas