A Coalizão de Justiça do Imigrante do Condado de Howard, em Maryland, pediu às autoridades do condado na noite dessa quarta-feira (16) que terminem seu contrato com o Departamento de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos (ICE), durante reunião da Comissão de Direitos Humanos local.

Membros da organização se reuniram fora do local onde ocorria o encontro, na Patuxent Woods Drive, em Columbia. Laurie Liskon, cofacilitadora do braço de imigração e membro da Howard County Indivisible, apelou ao Executivo do condado, Calvin Ball, e ao Conselho do Condado “para fornecer apoio aos nossos vizinhos estrangeiros”.

“Acreditamos que o Condado de Howard não deva colaborar com o ICE”, afirmou. Presos federais de imigração são mantidos no Centro de Detenção do condado, em Jessup. O centro não abriga mulheres ou crianças detidas pela Imigração.

As autoridades de Howard argumentam que o centro de detenção mantém imigrantes indocumentados condenados por crimes, membros de gangues, acusados ​​de crimes e criminosos deportados que voltaram ilegalmente para os Estados Unidos.

Sob o critério do ex-Executivo do condado, Charles Ecker, o acordo inicial foi assinado em 1995 com o Serviço de Imigração e Naturalização dos EUA. O contrato foi transferido para a ICE, quando, como resultado dos ataques de 11 de setembro, a imigração federal passou para o Departamento de Segurança Interna. O contrato gerou mais de US$ 14 milhões em receita entre meados de 2013 e 2019, de acordo com os números oficiais. O ICE paga US$ 110 por dia por detido no condado.

Publicidade
CCA idiomas

 

Participação

 

Os membros da coalizão participaram da reunião da comissão, falando durante comentários do público. Bob Ford, presidente da Comissão de Direitos Humanos, comentou brevemente os depoimentos públicos, pedindo à coalizão que falasse com seus representantes eleitos. “Esperamos poder fazer algo para ajudá-los”, disse Ford.

Ball afirmou anteriormente em comunicado que o município “não ajuda o ICE na aplicação das leis federais de imigração. Os policiais do Condado de Howard não perguntam aos moradores sobre seu status de imigração, nem entram em contato com o ICE se souberem de violações das leis federais de imigração”.

Os centros de detenção nos Condados de Frederick e Worcester são os únicos dois no estado que detêm presos do ICE. O Condado de Anne Arundel encerrou seu contrato com o ICE em janeiro.

 

(Com informações de Baltimore Sun)

 

 

 

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes