Os candidatos ao visto de turista, estudante e trabalho nos Estados Unidos terão agora que incluir informações sobre suas redes sociais na solicitação. A medida, que antes só era solicitada em uma posterior checagem, teve início na última sexta-feira (31).

No ano passado, o Departamento de Estado já havia declarado a intenção de solicitar as redes sociais dos candidatos ao visto. Os formulários de pedido foram atualizados para perguntar aos solicitantes por seus identificadores de mídia social.

Em seguida, as contas de mídia social serão verificadas com as listas de monitoramento do governo, para garantir que não haja “bandeiras vermelhas” associadas às declarações online.

Se o candidato tiver sido identificado com algo suspeito, o Departamento de Estado fará mais pesquisas sobre o comportamento online do candidato, para garantir que ele não seja uma ameaça ao país.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

O site para solicitação do visto passa a solicitar links ou nomes de usuário dos perfis usados pelos candidatos nos últimos cinco anos. Além disso, o sistema também passa a pedir todos os e-mails e telefones registrados pelos solicitantes durante os últimos cinco anos.

O argumento é de que a medida poderia impedir que possíveis terroristas entrem nos EUA legalmente através de um programa de vistos. A nova regra vale para praticamente todos os candidatos aos vistos de turismo, estudo e trabalho. Candidatos ao visto diplomático devem ser poupados da solicitação.

 

(Com informações da Associated Press)

Publicidade
CCA idiomas