Uma igreja Católica de Louisville, Kentucky, declarou seu apoio aos imigrantes e refugiados e pediu ao governo federal que feche os centros de detenção na fronteira. A congregação de Saint William juntou-se a líderes de outras igrejas locais em uma reunião, na terça-feira (8), para oferecer ajuda às comunidades imigrantes.

A igreja, que tem 118 anos, abrigou imigrantes da América Central que fugiam da violência na década de 1980, mas ela não possui mais instalações habitacionais. Os seus membros dizem que estão se manifestando por causa de “políticas severas” impostas na aplicação da lei nas fronteiras pelo Governo Trump.

Publicidade

A igreja fixou uma placa na entrada declarando-se um “santuário para todos”. David Horvath, membro da igreja, disse que os paroquianos estão concentrados na ajuda humanitária. A congregação faz parceria com grupos de apoio a imigrantes e está explorando a ideia de estabelecer uma rede de santuários para suprir a necessidade de moradia de curto prazo.

 

(Com informações de Brazilian Times)

Publicidade
CCA idiomas