Após um ano de inundações diárias em um trecho da Defense Highway entre Annapolis e Crofton, as equipes da Administração Estadual de Rodovias de Maryland (MDOT SHA) limparam valas e bueiros para reduzir a ocorrência de alagamentos, que obrigaram o fechamento da estrada mais de duas dezenas de vezes no ano passado.

A SHA está planejando mais drenagem e limpeza de bueiros na área próxima. “As equipes limparam detritos (folhas e galhos) e lodo de três bueiros e entradas de drenagem de área ao longo do MD 450. Haverá outra rodada de remoção de detritos e lodo. Nossas forças de manutenção estão desenvolvendo um cronograma. Mas estas são medidas temporárias”, informou o porta-voz da SHA, Charlie Gischlar.

John Bowes, um bombeiro aposentado que trabalha em Annapolis, usa a Defense Highway para trabalhar diariamente. “Posso dizer que a estrada foi inundada todos os dias no ano passado”, comenta. Depois de dirigir para o trabalho todas as manhãs, ele geralmente publica um relatório em uma página do Facebook criada por moradores frustrados com as condições da rodovia. O grupo, chamado Fix 450, atingiu mil membros na última semana.

 

Ocorrências

 

Durante anos, a estrada, especialmente entre Rutland Road e Huntwood Drive, inundou periodicamente após uma boa chuva. Mas depois do ano passado, quando chuvas recordes de 71,82 polegadas caíram no BWI Thurgood Marshall Airport – 30 polegadas acima do normal – as inundações persistiram diariamente. Autoridades do condado disseram que a estrada foi fechada ao tráfego 60 vezes em 2018.

Publicidade

O problema é que a MD 450 foi construída no meio de um pântano e ao longo de um antigo riacho. Três vias navegáveis ​​convergem para a seção propensa a inundações ou próximo a ela. Anne Green Spring Branch alimenta Bell Branch, que se une ao North River entre Rutland e Huntwood. Em seguida, a bacia flui para o leste, unida pelo Tarnans Branch e Bacon Ridge Branch para formar o South River a cerca de 2,4 quilômetros à frente.

 

Obras

 

O esforço de limpeza de drenos concluído nas últimas duas semanas visou melhorar a drenagem, mas está longe de resolver o problema. Para isso, a estrada precisa de obras. O financiamento para os serviços depende, em parte, das cartas prioritárias anuais da jurisdição local que buscam verbas orçamentárias para estradas, ciclovias, calçadas e outros projetos. A carta de 2019 do Condado de Anne Arundel lista vários projetos prioritários.

O documento também solicita financiamento para um estudo de viabilidade para buscar soluções de longo prazo para a área inundada. “Os impactos para a comunidade são significativos para a segurança pública, escolas e transporte. Além dos impactos diretos, há um impacto significativo no tráfego da Rota 50, especialmente durante uma situação de emergência”, diz o documento.

 

(Com informações de Capital Gazette)

 

 

 

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas