O número crescente de pessoas mortas em estradas de DC pode estimular grandes mudanças nas leis de trânsito, no projeto de rodovias e desenvolvimento e na fiscalização do estacionamento. A proposta foi apresentada pelo vereador Charles Allen nessa terça-feira (7).

“Eu não me importo se você está andando ou se você está dirigindo. Você merece passar do ponto A ao ponto B com segurança. Mas nossas ruas não são projetadas para segurança. Elas são projetadas para mover carros ”, argumenta Allen.

“É muito fácil de acelerar e muitos cruzamentos são uma tragédia esperando para acontecer, com base na maneira como eles foram projetados”, complementa.

O projeto de lei também promove redesenhos de estradas para tratar de questões de segurança, aumentando o uso de sinais de parada nos cruzamentos e as exigências para grandes empreendimentos privados para incluir calçadas, faixas de pedestres, ciclovias e abrange planos para impedir caminhões de entrega e outros veículos de carga de bloquear calçadas e ciclovias.

Publicidade

Os motoristas também seriam obrigados a fazer um teste escrito não apenas como parte do processo para obter uma nova licença, mas também para renovar a permissão para dirigir.

Mais duas pessoas perderam a vida no Distrito no último final de semana devido a acidentes de trânsito. “Agora são dez pessoas que morreram em colisões de trânsito este ano”, disse Allen.

 

(Com informações de WTop)

Publicidade