De acordo com Escolas Públicas do Condado de Montgomery, as câmeras e multas parecem estar enviando uma mensagem para os motoristas, já que menos de 5% dos motoristas foram reincidentes.

Uma nova lei aumentou permanentemente a multa para os motoristas que não param quando um ônibus escolar estiver parado, com as luzes vermelhas piscando e crianças sendo carregados ou descarregados. A legislação, que entrou em vigor esta semana permanentemente, mantém a multa em US$ 500 caso o motorista seja flagrado por um oficial. A nova lei também estabelece a multa para os motoristas que são multados pelas câmeras, na lateral do ônibus escolar, em US $ 250.

Todd Watkins, diretor de transportes das Escolas Públicas do Condado de Montgomery, que supervisiona o programa de câmeras para ônibus escolares, dexplica que o programa do condado já distribuiu 100.000 citações em menos de três anos. “Em nossa pesquisa de um dia, relatamos cerca de 800 a 1.200 infrações em um único dia”, explica Watkins. “Sabemos que toda vez que alguém passa por um ônibus escolar parado, é uma tragédia potencialmente transformadora para aquele aluno e sua família”, completa.

“Tudo o que eles têm que fazer é parar. Pare e estará bem. Temos que parar de alguma forma, então para mim não é apenas dinheiro. É segurança para nossos filhos”, Nancy King, senadora estadual de Maryland.

As multas resultaram em milhões de dólares para motoristas e, para a patrocinadora do projeto, a senadora estadual de Maryland, Nancy King, para evitar a multa é simples. “Tudo o que eles têm que fazer é parar. Pare e estará bem. Temos que parar de alguma forma, então para mim não é apenas dinheiro. É segurança para nossos filhos”, completa a senadora.

Publicidade

O condado de Montgomery informou que a expectativa é de quase US $ 6 milhões em receita no próximo ano em multas e espera uma expansão dos programas em todo o estado de Maryland.

De acordo com Escolas Públicas do Condado de Montgomery, as câmeras e multas parecem estar enviando uma mensagem para os motoristas, já que menos de 5% dos motoristas foram reincidentes.

Se você não tiver certeza se deve parar para um ônibus escolar, lembre-se que a única exceção é se você estiver do outro lado da estrada e houver algum tipo de divisor físico entre o veículo e o ônibus, como  uma mediana de concreto.

 

(Com informações de FoxDC)

Publicidade