Líderes do Distrito estão estudando a idéia de cobrar dos motoristas um pedágio para entrar no centro da cidade durante os horários de pico, mas parece haver forte e ampla oposição ao plano, de acordo com uma pesquisa da Escola Washington Post-Schar.

“O trânsito já é uma constante inconveniência para os residentes do Distrito, e com a chegada de veículos autônomos em um futuro próximo, o Distrito pode enfrentar ainda mais congestionamentos”, Mary Cheh, membro do Conselho dE DC

A pesquisa mostra que 63% dos moradores da região metropolitana se opõem à ideia, enquanto apenas 34% a apoiam. A oposição está em 66% nos subúrbios de Maryland, 62% nos subúrbios da Virgínia. O maior apoio pode ser encontrado em D.C. e até 57% dos moradores se opõem à ideia.

Mais de 1.500 adultos na área de Washington foram pesquisados ​​via telefones celulares e telefones fixos para a pesquisa, que tem uma margem de erro de 3,5 pontos percentuais.

Lei semelhante é aprovada em New York

No mês passado, a cidade de Nova York aprovou um pedágio semelhante de congestionamento no centro, projetado para fazer as pessoas pensarem duas vezes antes de aumentar o tráfego.

Na terça-feira, os membros do Conselho de D.C. votaram a favor de um estudo de preços de congestionamento que custaria cerca de US $ 500.000.

Publicidade

“O trânsito já é uma constante inconveniência para os residentes do Distrito, e com a chegada de veículos autônomos em um futuro próximo, o Distrito pode enfrentar ainda mais congestionamentos”, disse a membro do Conselho de DC, Mary Cheh, no início deste mês.

A proposta de Cheh da Comissão de Transporte e Meio Ambiente exige que os resultados do estudo sejam divulgados até julho de 2020.

“Este estudo fornecerá ao conselho informações essenciais sobre como o Distrito poderia implementar os preços de congestionamento para ajudar a reduzir o número de condutores não distritais em nossas estradas, incluindo estratégias de preços, e ajudar a identificar quaisquer preocupações de equidade que possam existir e, é claro,  quaisquer restrições legais ”, disse Cheh.

Os membros do conselho de DC, Charles Allen e Jack Evans, falaram explicitamente em apoio à proposta em uma marcação de comitê. “Há tantos carros”, disse Evans.  O presidente do Conselho do Metrô disse que levou quase uma hora na quarta-feira à noite para ir de Georgetown ao centro da cidade. “Você simplesmente não consegue se locomover pela cidade, e então como vamos abordar esse tráfego enorme?”, pergunta Evans.

 

(Com informações de WTOP)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes