Por meio da instituição Clara Lionel Foundation (CLF), criada pela cantora Rihanna em 2012, a artista financia estudos de jovens em universidades dos Estados Unidos. E os brasileiros estão entre os beneficiados.

A fundação também contempla estudantes de Haiti, Cuba, Barbados (país natal da cantora), Granada, Jamaica e Guiana. Para concorrer ao benefício, é preciso que o candidato tenha sido aprovado em uma universidade norte-americana. As inscrições para a edição deste ano vão até 10 de junho pelo site da CLF. Não há número de vagas pré-estabelecido.

O valor das bolsas varia entre US$ 5 mil e US$ 50 mil, quantia que deve ser utilizada para pagar as anuidades da universidade. A bolsa é paga apenas uma vez, mas poderá ser renovada a cada três anos ou até o estudante obter o diploma da graduação – o que ocorrer primeiro.

Publicidade

Para se inscrever, o aluno deve preencher um formulário on-line, enviar o histórico escolar e uma cópia da carta de aceite da instituição norte-americana. Os candidatos participarão de um processo seletivo, em que serão avaliadas a capacidade de liderança e a participação em atividades de caridade.

 

(Com informações de Brazilian Times)

Publicidade