As autoridades do Condado de Prince George, em Maryland, notificaram os pais de que percevejos foram descobertos na escola secundária Walker Mill, em Capitol Heights, de acordo com uma carta da diretora Erin V. Cribbs. Os funcionários do sistema escolar estão descrevendo a situação como um “aborrecimento”, não um risco à saúde.

Em uma carta aos pais, a diretora e a enfermeira-chefe da escola disseram: “É improvável que os percevejos se reproduzam e se espalhem nas escolas”. Exterminadores profissionais estão sendo chamados para tratar e monitorar os resultados por pelo menos um mês.

De acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA), embora não se saiba que os percevejos transmitem doenças, sua presença pode causar problemas de saúde e sofrimento para muitas pessoas. O site da agência observa que as picadas causam coceira, podem ser infectadas e podem causar uma reação alérgica em algumas pessoas.

Publicidade
CCA idiomas

Como os percevejos são descritos como um “aborrecimento” e não uma ameaça de doença “, os alunos com suspeita de picadas de percevejos não devem ser excluídos da escola, de acordo com a carta enviada aos pais.

Segundo a EPA, os percevejos podem se esconder em rachaduras na parede e atrás do papel de parede e têm maior probabilidade de picar à noite, enquanto a pessoa está dormindo.

 

(Com informações de WUSA)

 

 

 

Publicidade