Uma mãe de Maryland quer saber porque a polícia foi chamada quando seu filho de dez anos brincava no ônibus escolar com dinheiro de um jogo comprado por ela para ajudá-lo na aprendizagem. Aconteceu no Condado de Montgomery e o distrito escolar está admitindo que erros foram cometidos.

Tiffany Kelly diz que comprou dinheiro falso na Amazon para ajudar seu filho, Sadiq, a aprender a contar. As notas do jogo são marcadas com caracteres chineses rosa, e Sadiq as levou no ônibus da escola para compartilhar com outros colegas. Ela descreve o menino como brilhante e engraçado e diz que as deficiências exigem que ele tenha um Plano de Educação Individualizado na escola.

Conforme a polícia do Condado de Montgomery, o motorista do ônibus viu o que estava acontecendo e alertou um supervisor. Os agentes então foram acionados, com a informação de que um estudante poderia ter dinheiro falso. A polícia notificou o Serviço Secreto, de acordo com a política para qualquer potencial caso de falsificação. Um oficial foi à escola de Sadiq para falar com ele no escritório do diretor.

Publicidade
Curso de inglês

Mas a mãe do menino sente que a raça de seu filho afro-americano foi um fator em como a situação foi tratada. “As crianças fazem as mesmas coisas. Mas as intervenções parecem diferentes com base em sua classe, etnia e status econômico ”, disse ela. “E neste caso, sinto que houve uma enorme disparidade”.

Segundo ela, não lhe foi dito o que estava acontecendo até que um policial entrevistou seu filho e percebeu tratar-se de um mal-entendido. “Isso é inaceitável e antiético, mas o distrito escolar deu atenção à situação e disse que quer fazer o certo”, comentou.

 

(Com informações de Fox 5)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas