Uma mãe em Leesburg, na Virgínia, está chateada depois que seu filho de nove anos voltou para casa da Catoctin Elementary School no meio do dia, sem que ninguém da escola percebesse a ausência do menino. Jessica Salazar explica que o garoto geralmente pega o ônibus escolar, porque a casa fica a cerca de 25 minutos a pé. Então, foi uma surpresa ver o filho chegar antes do horário.

O caso aconteceu na semana passada, mas só veio a público agora. “A porta se abre e eu estou pensando que é minha sogra, mas ela não estava lá. Em vez disso, vejo um menininho, meu filho de nove anos”, relata Jessica.

Quando ela perguntou por que e como ele estava em casa, a criança contou que deixou a escola porque estava sendo intimidada verbalmente. A mãe disse que o levou imediatamente de volta para a escola por volta das 13 horas. “Eles me perguntaram se poderiam me ajudar e eu disse: ‘Sim, estou aqui para devolver uma criança’”, afirma.

 

Resposta

 

As Escolas Públicas do Condado de Loudoun reconheceram o incidente, alegando que o menino saiu da escola em vez de ir para o recreio, após ser atendido por uma enfermeira devido a um dedo machucado.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

“As Escolas Públicas do Condado de Loudoun levam a sério todos os incidentes relacionados à segurança. Após uma revisão desse evento pelo diretor, a Catoctin Elementary School implementou salvaguardas adicionais para garantir que os estudantes não fiquem sozinhos quando estão fora das aulas”, manifestaram-se sobre o ocorrido.

O sistema escolar também afirmou que usa uma variedade de ferramentas de segurança, físicas e técnicas, para monitorar e controlar o acesso às suas instalações. Por razões de segurança, não é apropriado detalhar as medidas específicas em vigor em qualquer instalação.

Segundo Jessica Salazar, seu filho está lidando com algumas questões comportamentais e elaplaneja se encontrar com o diretor ainda este mês para discutir como a escola pode acomodar os desafios do menino.

 

(Com informações de Fox 5)

Publicidade
CCA idiomas