Marta fez história mais uma vez. Nessa terça-feira (18), o gol marcado diante da Itália levou a camisa 10 ao posto de maior artilheira da história da Copa do Mundo, entre homens e mulheres. No torneio feminino, a Rainha já balançou as redes em 17 ocasiões, uma a mais que o alemão Miroslav Klose na disputa masculina.

O tento anotado por Marta foi o único da Seleção Feminina na vitória por 1 a 0 sobre a Itália, que garantiu a classificação à próxima fase da competição disputada na França.

Essa foi a segunda vez que Marta balançou as redes na edição 2019 da Copa do Mundo. Vinda de lesão, a camisa 10 abriu o placar para a Seleção Brasileira de pênalti na derrota para a Austrália, por 3 a 2, na segunda rodada do Grupo C.

Publicidade
Curso de inglês

Após o triunfo contra a Itália, Marta dedicou seu feito a todas as mulheres que ainda lutam por uma sociedade mais igual. “Quebrar recordes é algo que acontece naturalmente, vem de trabalho. Eu dedico isso a todas as mulheres. A gente representa todas elas e busca fazer o melhor sempre”, destacou.

Na lista de artilheiras, a brasileira é seguida pela alemã Birgit Prinz e a americana Abby Wambach, ambas com 14 gols e já aposentadas. Na sequência está a também americana Michelle Akers, que disputou seu último Mundial em 1999, com 12 gols. A única ainda em atividade dentre as principais goleadoras é Cristiane, que tem os mesmos 11 gols de Sun Wen (China) e Bettina Wiegmann (Alemanha).

 

(Com informações do Portal CBF)

Publicidade