O espólio de Michael Jackson prestou homenagem à sua arte e caridade nesta terça-feira (25), enquanto os fãs fazem os últimos preparativos para as reuniões para celebrar sua memória no décimo aniversário da morte do Rei do Pop.

“Dez anos atrás, o mundo perdeu um artista talentoso e humanitário extraordinário. Uma década depois, Michael Jackson ainda está conosco, sua influência incorporada na dança, moda, arte e música do momento. Ele é mais importante do que nunca”, disseram representes do cantor em um comunicado.

Eles pediram aos fãs para honrar a memória de Jackson, participando de atos de caridade. Os fãs planejam se reunir na última casa do artista, no bairro de Holmby Hills, em Los Angeles, onde o cantor recebeu uma dose fatal do anestésico Propofol na tarde de 25 de junho de 2009. Ele foi declarado morto em um hospital aos 50 anos.

Os fãs também planejam uma vigília no Forest Lawn Memorial Park, em Glendale, Califórnia, onde Jackson foi enterrado dois meses depois. Alguns planejaram se reunir em torno da estrela de Jackson na Calçada da Fama de Hollywood.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

 

Fortuna arrecadada após a morte

 

Os co-executores do testamento do cantor, John Branca e John McClain, importantes figuras da carreira de Jackson quando ele estava vivo, pegaram seu patrimônio endividado e arrecadaram mais de US$ 1,3 bilhão em vários projetos relacionados ao artista na última década, incluindo o filme “This Is”.

O pacote também envolve espetáculos do Cirque du Soleil e a venda de ativos de Jackson que incluíam o catálogo dos Beatles. O cantor deixou a herança para a mãe, os filhos e a caridade em seu testamento.

O pai do cantor, Joe, morreu no ano passado e está enterrado no mesmo cemitério de seu filho, mas a mãe de Michael, de 89 anos, cinco irmãos, três irmãs e três filhos permanecem vivos e bem dez anos depois.

 

(Com informações da Associated Press)

Publicidade
CCA idiomas