O Walmart revelou os salários médios dos trabalhadores em um novo relatório, já que o varejista de baixo custo luta contra a reputação de baixa remuneração em um dos mercados de trabalho mais restritos da história recente da América.

Um funcionário de horário integral em uma loja Walmart nos EUA faz uma média de US $ 14,26 por hora, ou cerca de US $ 25 mil por ano, de acordo com o Relatório Ambiental, Social e de Governança da empresa de 2019, divulgado na quarta-feira.  Essa é a média, mas o intervalo é de US $ 11 por hora, para US $ 24,70 a hora, disse a porta-voz do Walmart, Kory Lundberg, à ABC News.

No Walmart, 34 horas por semana são consideradas em tempo integral, e a maioria dos trabalhadores tem uma média de 37 a 38 horas semanais, disse a empresa.  O seguro de saúde é fornecido para funcionários que trabalham pelo menos 30 horas por semana, disse Lundberg.

“O Walmart começou a pagar mais não em resposta ao mercado de trabalho apertado, mas em resposta à concorrência de seus colegas varejistas e também porque sabia que não estava pagando o suficiente”, Charles Fishman, autor de “The Wal-Mart Effect”

Nos EUA, os gerentes de lojas do Walmart ganham uma média de US $ 175 mil por ano, de acordo com o relatório.  Seus salários reais são baseados no volume de vendas e no tamanho da loja, disse Lundberg.

“Essas lojas são frequentemente as maiores empresas em suas comunidades, com vendas de até US $ 100 milhões e 300 funcionários”, disse Lundberg, acrescentando que 75% desses gerentes começaram como empregados horistas.

Ainda assim, isso não é muito comparado ao pagamento do CEO do Walmart, Doug McMillon – ele ganhou US $ 22,8 milhões em 2018, ou quase 1.000 vezes o salário médio dos trabalhadores em tempo integral.

Publicidade

Concorrentes incluindo Amazon e Costco dizem que pagam aos trabalhadores pelo menos US $ 15 por hora.

“O Walmart começou a pagar mais não em resposta ao mercado de trabalho apertado, mas em resposta à concorrência de seus colegas varejistas e também porque sabia que não estava pagando o suficiente”, disse Charles Fishman, autor de “The Wal-Mart Effect”.  “Esses salários e esse plano estão servindo bem ao Walmart, à medida que a concorrência se acirra”, completa o escritor.

“Vamos ser claros. Não há mundo em que US $ 14,25 por hora ou US $ 110 por dia, antes de impostos, não é uma luta. O fato de ser o dobro do salário mínimo federal (US $ 7,25 por hora) apenas mostra como o salário mínimo é baixo. Não tem molesa. É a definição de viver “salário por salário””, critica Fishman.

Segundo Fishman, ainda assim, há espaço para mais vantagens. “Vamos ser claros.  Não há mundo em que US $ 14,25 por hora ou US $ 110 por dia antes de impostos não é uma luta “, disse ele. “O fato de ser o dobro do salário mínimo federal (US $ 7,25 por hora) mostra como o salário mínimo é baixo. Não tem molesa. É a definição de viver “salário por salário””, critica Fishman.

No entanto, o fato de que o Walmart reduziu a rotatividade de funcionários em 10% no ano passado, “mostra que os salários e o treinamento estão funcionando.  As pessoas não estão saindo para ganhar mais US $ 1 por hora do outro lado da rua.  Eles estão por aí “, disse Fishman

(Com informações de Rádio ABC)

Publicidade