A Volkswagen investe fortemente na produção de automóveis movidos à eletricidade e a projeção é alcançar dois anos antes do previsto sua meta de produzir um milhão de carros elétricos anualmente. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (27), quando as montadoras europeias estão sob pressão para atingir limites de emissões mais baixos, visando combater o aquecimento global.

Segundo a empresa de Wolfsburg, sua principal marca Volkswagen produzirá um milhão de carros à bateria até o final de 2023, em vez de no final de 2025, com a perspectiva de chegar a 1,5 milhão no final de 2025.

Esses números são um forte contraste com a produção deste ano, de aproximadamente 70 mil unidades, e o total do ano passado, de 50 mil. A Volkswagen planeja aumentar seus números de produção e vendas com a introdução do ID.3, um modelo elétrico que terá preço baixo, na tentativa de atrair mais compradores.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

O modelo básico ID.3 custará menos de 30 mil euros (US$ 33,5 mil) e viajará de 330 a 550 quilômetros (205 a 340 milhas) com uma única carga. A empresa exibiu o ID.3 no salão do automóvel de Frankfurt em setembro e começará a entregá-lo aos clientes no próximo ano.

As montadoras europeias devem atingir limites mais rígidos nas emissões médias de dióxido de carbono da frota a partir de 2021 ou enfrentar pesadas multas. Analistas e montadoras dizem que a única maneira de fazer isso é aumentar significativamente as vendas de produtos elétricos.

 

(Com informações da Associated Press)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes