Trabalhadores em uma garagem Metrobus recentemente privatizada na Virgínia entraram em greve nesta quinta-feira (24), e isso pode significar grandes interrupções para milhares de passageiros. A paralisação deve comprometer os serviços em parte do Estado e gerar impactos em toda a área de DMV.

Os motoristas ameaçaram fazer greve em agosto na garagem Cinder Bed Road, recentemente privatizada, em Lorton, Virgínia, se as negociações não progredissem. A Amalgamated Transit Union Local 689 negocia com a operadora Transdev há meses um acordo de negociação coletiva.

O sindicato se recusou a continuar recebendo cortes salariais em comparação com outros trabalhadores da Metrobus, conforme exigido pela empresa privada. A empresa ofereceu outras propostas nas negociações desde que a garagem foi privatizada no ano passado.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

A garagem opera rotas como o Richmond Highway Express (REX), 29K, 29G, 29H, 29C, 29N, 29W, 17B, 17G, 17H, 17M, 17K, S80, S91, 18P, 18G, 18J e 18H. Combinados, eles representam cerca de 5% do serviço Metrobus, todos focados no norte da Virgínia. A extensão do impacto da greve no serviço ainda não é clara. Não se sabe se algumas viagens podem ser cobertas por outros operadores da Transdev ou Metrobus.

As negociações do contrato estão programadas para continuar às 10 horas desta quinta-feira em um hotel não muito longe da garagem, disse o porta-voz do sindicato, Brian Wivell.

 

(Com informações de WTop)

Publicidade
CCA idiomas