Os motoristas da Transdev tiveram seu segundo dia consecutivo de paralisação em uma instalação de ônibus de Lorton, na Virginia, nesta sexta-feira (25). A greve ocorre na Cinder Bed Bus Garage do Metro, comprometendo o serviço de transporte público.

Segundo o Metrobus, as rotas 17B, 17G, 17H, 17K, 17L, 17M, 18G, 18H, 18J, 18P, 29C, 29G e 29W não foram executadas, enquanto as rotas 29N, 29K e REX funcionaram apenas em horário de domingo.

Os funcionários da Transdev deflagraram o movimento em protesto contra as práticas trabalhistas da empresa – esta é a primeira greve no Metro desde 1978. Os trabalhadores exigem os mesmos salários e benefícios que outros motoristas de ônibus regionais recebem. Eles ganham US$ 12 por hora a menos do que outros trabalhadores na mesma função, uma vez que são contratados por uma empresa privada.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

A Transdev é uma terceirizada do Metro, contratada para fornecer serviço de ônibus. A Cinder Bed Bus Garage atende aproximadamente 5% das rotas do Metrobus.

 

(Com informações de WJLA)

 

 

 

 

 

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes