Aos 131 anos de idade, a fábrica de papel Luke Mill vai encerrar as atividades no final de maio, uma paralisação há muito temida e que vai fechar quase 700 postos de trabalho. E as opções de emprego são poucas na região.

O fechamento gera medo de devastação econômica nas colinas verdes de Maryland, Virgínia Ocidental e sudoeste da Pensilvânia, uma região que já enfrentou décadas de declínio industrial e está lutando para criar oportunidades para os jovens mais propensos a se dirigirem aos centros urbanos.

Funcionários da União sugerem que, para cada um desses empregos perdidos, mais três desaparecerão nas indústrias de caminhões, ferrovias e madeira, e em lojas e restaurantes frequentados por famílias de funcionários. E encontrar um novo emprego para cada um desses trabalhadores deslocados não será fácil, pois pode exigir mudanças, meses de reciclagem e, provavelmente, um padrão de vida reduzido.

A Verso, sediada em Ohio, proprietária da usina, anunciou o fechamento em 30 de abril, dizendo que a redução da demanda por papel e a crescente competição do exterior estavam reduzindo os lucros da fábrica de Luke. Funcionários da Verso também esperavam que os custos operacionais aumentassem em breve, à medida que reguladores ambientais de Maryland pressionavam a empresa para reduzir as emissões de um poluente nocivo.

Publicidade

Feira

Poucas horas após o anúncio do fechamento, o Condado de Allegany e autoridades estaduais em Maryland e na Virgínia Ocidental começaram a planejar uma feira de empregos, que ocorreu na semana passada.

Assim como muitos candidatos compareceram, empregadores industriais foram à feira em busca de trabalhadores qualificados. Outros queriam contratar funcionários e gerentes de escritórios de fábrica, ou recrutar trabalhadores para carreiras inteiramente novas.

Eles incluíam empresas como Macy’s, Northrop Grumman e Rubbermaid, além de forças policiais e agências penitenciárias de Maryland e da Virgínia Ocidental. A taxa de desemprego do condado é de cerca de 5,5%, superior à de 3,8% do estado e à do país.

 

(Com informações de Baltimore Sun)

Publicidade