Topeka, capital do estado do Kansas, é a mais recente comunidade a usar dinheiro para atrair pessoas de fora da cidade. Empresários e autoridades financiarão um bônus para atrair pessoas que estejam dispostas a morar e trabalhar por lá.

Com uma população em pouco mais de 126 mil habitantes, a cidade é mais uma na crescente lista de lugares que oferecem incentivos financeiros para atrair novos residentes e apoiar uma população envelhecida ou estagnada.

Na semana passada, líderes empresariais anunciaram recursos de até US$ 15 mil a pessoas de outros estados e até países dispostas a viver e trabalhar na cidade ou em outra – Shawnee, no condado de Johnson –, onde a população permaneceu estável em cerca de 178 mil habitantes nos últimos dez anos.

Como incentivo, serão US$ 15 mil em ajuda para comprar uma casa ou US$ 10 mil para quem preferir pagar aluguel. A condição é simples: a remuneração será concedida depois de um ano de residência em Topeka. Após esse prazo, o condado e a cidade devem reembolsar ao empregador metade do valor.

Por enquanto, o plano é atrair pelo menos 40 pessoas – idealmente jovens casais que têm famílias ou pretendem iniciá-las –, que podem preencher empregos em setores como ciências da saúde animal e serviços financeiros.

Publicidade
Curso de inglês

Ofertas semelhantes

Vermont ganhou as manchetes em 2018 quando as autoridades estaduais anunciaram que ofereceriam US$ 10 mil a quem se mudasse para o estado e trabalhasse remotamente. Foi uma tentativa agressiva de combater o envelhecimento da população do estado que as autoridades disseram ter valido a pena.

Desde que o programa começou em janeiro de 2019, mais de 120 trabalhadores, juntamente com seus cônjuges e filhos – totalizando mais de 300 pessoas – se mudaram para Vermont como parte dele, disse Joan Goldstein, comissária de desenvolvimento econômico do estado.

Em Tulsa, Oklahoma, as autoridades oferecem US$ 10 mil a pessoas dispostas a se mudar dentro de seis meses. Em Baltimore, os novos residentes podem obter um crédito de US$ 5 mil na compra de uma casa.

 

(Com informações da Fox News)

Publicidade